WhatsApp

(011) 97333-2909

Unidades em todo o Brasil

Resgate 24 horas

(011) 4024-2951

Clique aqui e faça sua ligação

WhatsApp

(011) 97333-2909

Unidades em todo o Brasil

Resgate 24 horas

(011) 4024-2951

Clique aqui e faça sua ligação

Clínica de Recuperação: Esquizofrenia

A esquizofrenia é uma doença classificada como transtorno mental crônico e atinge 1% da população mundial. E apesar de ser uma doença sem cura ela possui tratamento adequado na clínica de recuperação equizofrenia.

A esquizofrenia atinge tanto mulheres quanto homens, mas costuma ser mais comum em pessoas do sexo masculino e geralmente se manifesta entre os 15 e 35 anos de idade.  Ela consiste em mudanças na função mental, onde os pensamentos e percepção das coisas se tornam desordenados e há uma perda de contato com a realidade.

A esquizofrenia pode aparecer de forma gradual, tanto que em muitos dos casos os sintomas são praticamente imperceptíveis. Mas também pode aparecer de forma abrupta, dependendo de cada indivíduo.

Fases da Esquizofrenia

A esquizofrenia pode ser dividida em 3 fases: Prodrômica, aguda e residual.

  • Fase prodrômica: nesta fase inicial da doença, as pessoas costumam apresentar sintomas sutis que, em muitos casos, podem ser ignorados ou confundidos com outras doenças ou simplesmente um cansaço e/ou estresse elevados. Por exemplo, a pessoa pode ter uma queda de rendimento em seu trabalho ou estudos, pode afastar-se das demais pessoas, ter dificuldades de concentração, falhas de memória, e irritabilidade.
  • Fase aguda: essa próxima fase da doença é a mais crítica, pois nela o paciente costuma apresentar sintomas mais perceptíveis e evidentes como delírios, alucinações, agitação psicomotora e comportamentos desorganizados. Na fase aguda da esquizofrenia o indivíduo não tem consciência de sua situação como vítima da doença e perde a conexão com a realidade quase que totalmente.
  • Fase residual: na fase residual ou de recuperação, o paciente tem uma diminuição dos sintomas psicóticos e começa a retomar a consciência de seus atos e do mundo ao seu redor. Nesta fase o indivíduo pode desenvolver uma depressão quando toma conhecimento do impacto que a doença teve em sua vida.

Sintomas da Esquizofrenia

A esquizofrenia é dividida entre sintomas negativos e sintomas positivos. Os sintomas positivos são aqueles mais comuns na fase aguda da doença, sintomas que são mais “agressivos” como, por exemplo, delírios onde o paciente pensa que está sendo perseguido por alguém ou quando diz ser uma pessoa que realmente não é.

Outro sintoma positivo são as alucinações, onde o paciente tem falsas sensações de estímulos sensoriais. As alucinações envolvem qualquer um dos sentidos (olfato, tato, paladar, visão e audição) mas é mais comum na audição. Onde, por exemplo, a pessoa pensa estar ouvindo vozes ou ruídos.

A fala desorganizada também pode ser considerada um sintoma positivo da esquizofrenia. Ela acontece porque o paciente enfrenta uma grande confusão de pensamentos em sua mente e acaba transmitindo isso para a fala, dificultando o diálogo com as outras pessoas.

Entre os sintomas negativos estão aqueles menos “agressivos” e geralmente acontecem na fase prodrômica da doença ou na fase residual, podendo se manter pelo resto da vida do paciente.

Alguns dos sintomas negativos são: Apatia, quando a pessoa não tem interesse por atividades importantes ou começa, mas não as termina.

Outros sintomas semelhantes como a falta de interesse na vida em geral, isolamento social e baixa energia são considerados sintomas negativos da esquizofrenia. Porém estes sintomas podem ser confundidos com sintomas de outras doenças, como a depressão, por exemplo.

Diagnóstico da Esquizofrenia

Para ser diagnosticado com esquizofrenia, o paciente precisa ter pelo menos dois dos seguintes sintomas: alucinações, delírios, fala desorganizada, isolamento social, apatia, falta de interesse pela vida. Cada um destes sintomas devem ter uma duração considerável, no período aproximado de um mês.

Há casos em que o paciente pode ser diagnosticado com esquizofrenia apenas com um dos sintomas, principalmente quando a pessoa sofre delírios ou alucinações bizarras.

Os resultados do diagnóstico de esquizofrenia não devem ser baseados em sintomas causados diretamente por alguma substância, como algum medicamento ou qualquer outra condição médica.

A Clínica Restituindo Sonhos possui profissionais altamente competentes e capacitados para diagnosticar a tratar pacientes com esquizofrenia.

No caso da necessidade de internação, possuímos uma estrutura segura e confortável, ideal para que nossos pacientes possam se recuperar de maneira eficaz.

Entre em contato conosco, agende uma visita e venha nos conhecer de perto!

WhatsApp chat