WhatsApp

(11) 97333-2909

Unidades em todo o Brasil

Resgate 24 horas

(11) 99006-4900

Clique aqui e faça sua ligação

WhatsApp

(11) 97333-2909

Unidades em todo o Brasil

Resgate 24 horas

(11) 99006-4900

Clique aqui e faça sua ligação

Consumo de álcool e drogas durante a pandemia do coronavírus aumenta, aponta estudo

Já faz um ano que aqui no Brasil estamos enfrentando a maior crise sanitária da nossa história. A crise da Covid-19 deu um “chacoalhão” no mundo todo. Mas parece que no nosso país ele causou (e continua causando) mais estragos. Inclusive no consumo de álcool e drogas durante a pandemia.

Segundo uma pesquisa feita pela Universidade de São Paulo (USP) entre onze países, o Brasil está na liderança dos casos de depressão e ansiedade durante a pandemia do (não tão) novo coronavírus.

As restrições durante a pandemia e o isolamento social podem ser um dos principais fatores que estão prejudicando a saúde mental. Conforme os dados, Brasil é o país que mais tem casos de ansiedade (63%) e depressão (59%).

A Irlanda aparece em segundo lugar com 61% das pessoas com ansiedade e 57% com depressão. Em seguida, os Estados Unidos, com 60% e 55%, respectivamente.

Consumo de álcool e drogas durante a pandemia como uma válvula de escape

Consumo de álcool e drogas durante a pandemia como uma válvula de escape

Transtornos mentais como depressão e ansiedade podem desencadear um outro problema: o consumo de álcool e drogas que funcionam como uma válvula de escape. Este é um padrão que já existia bem antes da pandemia do coronavírus. Mas ficou ainda mais evidente com a chegada da Covid-19.

Dados preliminares da Global Drug Survey indicaram que houve um aumento de 26% no binge alcoólico (ingestão de 5 ou mais doses em uma única ocasião) entre os respondentes do Brasil.

Mais de 40% relataram aumento no número de dias em que bebem, e quase 35% estão começando a beber mais cedo no dia. A amostra não representa a população brasileira, mas dá pistas de um aumento de práticas de risco durante o isolamento.

O Professor e Colaborador Médico do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP e Coordenador do Grupo Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas (GREA), André Malbergier, disse o seguinte sobre o assunto:

“Logo que surgiu a pandemia e esse confinamento, as pessoas tinham a sensação de que tudo acabaria em um ou dois meses, e hoje, a princípio, elas conhecem mais sobre o problema. Por um lado, isso pode ajudar, mas por outro, já ficou entendido que não vai haver uma solução mágica que mudará totalmente o panorama – apenas quando chegar a vacina”.

Está difícil, mas não deixe ficar pior!

Está difícil, mas não deixe ficar pior

As preocupações nesse momento são muitas. Elas envolvem o medo de se contaminar, de perder pessoas queridas e até em relação à economia do país. Afinal, neste momento, estamos vivendo o pior cenáriodesde que a pandemia começou.

O álcool e as demais drogas são encarados por alguns como uma válvula de escape para esses pensamentos, e isso é muito perigoso.

A falta de uma rotina definida também contribui com o aumento do consumo de bebidas alcoólicas na quarentena. Com os dias muito parecidos, às vezes, as pessoas até se esquecem em qual dia da semana estão.

Assim, quem bebia apenas aos finais de semana, por exemplo, já não segue mais essa regra. Além de evidenciar a solidão da sociedade moderna, a pandemia faz com que as pessoas sejam obrigadas a repensar o sentido de suas ações.

Sabemos que não está fácil para ninguém, mas o conselho que a Clínica Restituindo Sonhos compartilha com você é o seguinte: não abuse das drogas, seja álcool ou qualquer outro tipo.

Isso só vai te trazer outros problemas ao invés de solucionar os que você já tem. Se você ou alguém que conhece precisa de ajuda para vencer a dependência química ou alcoolismo, entre em contato conosco que nós faremos o que estiver ao nosso alcance para ajudar!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
WhatsApp chat