WhatsApp

(11) 97333-2909

Unidades em todo o Brasil

Resgate 24 horas

(11) 99006-4900

Clique aqui e faça sua ligação

WhatsApp

(11) 97333-2909

Unidades em todo o Brasil

Resgate 24 horas

(11) 99006-4900

Clique aqui e faça sua ligação

O que é coma alcoólico?

O coma alcoólico ou embriaguez, acontece quando a pessoa fica inconsciente devido aos excessos de álcool no organismo.

Geralmente ocorre quando se bebe descontroladamente, acima da capacidade que o fígado pode suportar para metabolizar o álcool, o que leva a intoxicação do cérebro e dos demais órgãos.

O paciente tem menor capacidade respiratória e cardíaca, também leva queda nos níveis de glicose no sangue. É considerado um estado grave e pode levar a óbito.

Continue a leitura e aprofunde os seus conhecimentos sobre o coma alcoólico e conheça os principais sinais e o que se deve fazer para prestar socorro ao paciente:

Quais os Principais sinais do coma alcoólico

O principal sinal que indica o coma alcoólico é a perda dos sentidos e um sono profundo. O indivíduo não corresponde aos sinais, têm dificuldade em respirar. Os sintomas de coma alcoólico surgem quando existe mais que 3 gramas de álcool por litro de sangue:

Além de ficarem desacordados e perderem os sentidos, veja alguns sinais que indicam que o indivíduo pode estar em coma alcoólico:

  • Sonolência excessiva;

  • Desmaio ou perda de consciência;

  • Dificuldade em articular palavras ou frases;

  • Incapacidade de se concentrar;

  • Perda da sensibilidade e dos reflexos;

  • Dificuldade em andar ou se manter de pé;

  • Convulsão;

  • Respiração irregular e lenta;

  • Hipotermia, em que a pessoa pode apresentar cor mais azulada e/ ou pálida.

Isso acontece pois o consumo exagerado desta substância causa a depressão do sistema nervoso.

Logo acarreta:

  • Na incapacidade de manter a respiração;

  • Na diminuição dos batimentos cardíacos;

  • Alteração na regulação da temperatura;

  • Queda da pressão arterial.

Mesmo que a manifestação dos sintomas se intensifique, muitas vezes é imperceptível, o que pode levar ao agravamento rápido. Caso não receba tratamento, pode levar à morte.

No entanto, é muito importante ficar de olho nos sintomas iniciais, e ainda com a pessoa consciente, se possível prevenir o coma alcoólico.

Faça com que a pessoa se hidrate com água e ingestão de alimento, em especial os que contém açúcar.

Quais os efeitos do Álcool no organismo?

O fígado é o órgão responsável pela metabolização da bebida alcoólica.

Ou seja, para cada dose ingerida, é preciso de aproximadamente uma hora. Esse tempo varia conforme o peso, altura, tipo físico e o gênero.

Logo, o álcool ingerido vai para o estômago, é absorvido e transportado pelo corpo por meio da corrente sanguínea, passando pelos órgãos e até o cérebro. No fígado é transformado em acetaldeído, uma substância nociva para o organismo.

Além disso, no fígado também é produzido substâncias para metabolizar o álcool, contudo quando em grandes quantidades não consegue fazer essa metabolização.

O coma alcoólico pode deixar sequelas, com a má oxigenação do cérebro, pode ocorrer a destruição de uma parte do tecido cerebral.

Além disso, com o uso excessivo e contínuo pode acarretar em outros problemas como:

  • Alterações cerebrais;

  • Lesões hepáticas;

  • Irritação do estômago.

  • Disfunção dos rins;

  • Inflamação do Pâncreas;

  • Problemas no coração;

  • Sistema imunológico enfraquecido;

  • Aumento o risco de câncer.

Não há uma dose certa para que o coma alcoólico aconteça. É um fator que depende da pessoa podendo ser genética ou comorbidade.

Também não há um tempo determinado para a duração de um coma alcoólico, tudo depende da quantidade de álcool ingerido no organismo.

Quais são os tratamentos para coma alcoólico?

A princípio, ao identificar os sinais de um paciente em coma alcoólico é necessário pedir o auxílio de um médico com certa urgência. Quando devidamente hospitalizados iniciarão o processo de:

  • Estabilização do paciente;

  • Verificação das vias respiratórias;

  • Uso de medicação e terapias.

Essa medicação é necessária ser feita com soro intravenoso para hidratação e eliminação do álcool. Também deve ser utilizado a aplicação de glicose na veia para a reposição de vitamina B1 e a regulação de eletrólitos.

Se o paciente apresentar sintomas de convulsão, pode ser feito a aplicação de anticonvulsivos. Mas antes do atendimento chegar, veja os primeiros socorros que você pode fazer para ajudar o indivíduo em coma alcoólico:

Quais os primeiros socorros para uma pessoa em coma alcoólico?

  • Mantenha a pessoa deitada de lado: Dessa forma a evitar possíveis sufocamentos por vômito;

  • Garanta que a pessoa fique aquecida, para evitar que haja mudanças bruscas de temperatura e tenha hipotermia;

  • Não ofereça líquidos, alimentos ou medicações se a pessoa estiver inconsciente, para que não ocorra engasgamento;

  • Não tente induzir o vômito de uma pessoa inconsciente e nem dar banho de água fria para tentar acordá-la;

  • Em caso de parada cardíaca ou respiratória, realize a manobra de reanimação.

 

Quais os danos causados pelo alcoolismo

O consumo excessivo de álcool, podem causar sequelas irreversíveis no organismo como:

Miopatia

Causa a diminuição da função muscular, na qual as fibras são acometidas. Logo a pessoa irá sentir muita fraqueza, dor, câimbra e dificuldades para realizar algumas locomoções como subir e descer escadas.

Aranha Vascular

Considerado um sinal de problemas hepáticos, são veias pequenas e dilatadas que podem ser vistas sob a pele. Em geral aparece no rosto e no pescoço.

Hemorragia cerebral

Pessoas que têm um consumo abusivo e contínuo de álcool, apresentam maior chance de ter hemorragia cerebral.

É um sangramento ao redor ou dentro do cérebro por conta do rompimento de um vaso sanguíneo de uma artéria.

Demência Alcoólica

Causada pelo consumo excessivo de álcool, devido ao dano às células nervosas do cérebro.

Quando danificadas causam dificuldade na aprendizagem, problemas de memória a curto prazo, alteração de personalidade, entre outros.

Síndrome de Mallory-Weiss

Consiste no rompimento da ligadura do esôfago, causada por vômitos, ânsia ou soluços.

Insuficiência Cardíaca

Ocorre quando o coração não está bombeando o suficiente para atender às necessidades do seu corpo. Representa cerca de 3 a 40% dos casos da doença.

Cardiomiopatia

É a fraqueza do músculo cardíaco, causada pelo consumo excessivo de álcool. Como resultado, o fornecimento de sangue é reduzido para determinados órgãos no corpo.

Hepatite Alcoólica

É uma doença grave do fígado relacionada à toxicidade indireta do álcool.

Cirrose

É uma doença crônica do fígado, onde há formação de nódulos que bloqueiam a circulação sanguínea. Logo deixa de realizar as suas funções de produção de bile.

Gostou desse artigo? Veja mais informações clicando aqui.

5/5 - (1 vote)

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
WhatsApp chat