Quanto tempo um alcoólatra consegue viver: informações importantes sobre a expectativa de vida

Quando uma pessoa bebe e se transforma Entenda as causas e consequências

Uma dúvida bastante pertinente é sobre quanto tempo um alcoólatra consegue viver. Afinal, por ser uma doença crônica e progressiva, alguns acreditam que a expectativa de vida é menor.

Mas, será que isso é realmente verdade? Quanto tempo um alcoólatra consegue viver? Se você quer entender melhor sobre o assunto, é só continuar a sua leitura nos parágrafos seguintes.

Quanto tempo um alcoólatra consegue viver?

Se você é um alcoólatra ou conhece alguém que sofre com essa dependência, é preciso saber que o consumo excessivo de álcool pode afetar negativamente a expectativa de vida.

De acordo com estudos, um alcoólatra pode viver cerca de 20 anos a menos do que a população que não apresenta dependência química nessa substância.

Além disso, a qualidade de vida durante os anos vividos também tende a diminuir.

Fatores que influenciam a expectativa de vida

Alcoolismo quanto tempo uma pessoa pode viver com essa condição

Agora que você já sabe quanto tempo um alcoólatra consegue viver, é interessante entender quais são os fatores que influenciam a sua expectativa de vida.

Vários fatores podem influenciar a expectativa de vida de um alcoólatra, bem como:

  • Quantidade de álcool consumida: Pessoas que consomem entre 10 e 15 drinques alcoólicos por semana podem ter a vida encurtada em um a dois anos. Já quem consome mais de 18 drinques por semana pode ter de quatro a cinco anos a menos de vida.
  • Idade em que começou a beber: Quanto mais cedo a pessoa começa a beber, maior é o risco de desenvolver problemas relacionados ao álcool e menor é a expectativa de vida.
  • Histórico familiar: Pessoas com histórico familiar de alcoolismo têm maior probabilidade de desenvolver a doença e menor expectativa de vida.
  • Problemas de saúde: O consumo excessivo de álcool pode levar a uma série de problemas de saúde, como doenças cardíacas, doenças hepáticas e câncer. Esses problemas podem afetar negativamente a expectativa de vida.
  • Estilo de vida: Alcoólatras muitas vezes têm um estilo de vida pouco saudável, com pouca atividade física e uma dieta pobre em nutrientes. Esses fatores também podem afetar negativamente a expectativa de vida.

Cada caso é único e a expectativa de vida de um alcoólatra pode variar de acordo com diversos fatores.

Mas, se você é um alcoólatra ou conhece alguém que sofre com essa dependência, é fundamental buscar ajuda profissional para lidar com o problema e melhorar a qualidade de vida.

Existem diversas formas de tratar o problema, sendo a internação em uma clínica de recuperação uma das mais eficazes.

Efeitos do álcool no corpo humano

O consumo de álcool pode ter efeitos negativos no corpo humano, tanto a curto quanto a longo prazo. Sendo assim, é interessante saber quais são as consequências do consumo excessivo de álcool.

Por isso, nos tópicos seguintes, vamos explorar os efeitos do álcool no seu corpo.

Efeitos a curto prazo

Os efeitos do álcool podem ser sentidos rapidamente após o consumo. Alguns dos efeitos a curto prazo costumam ser os seguintes:

  • Fala arrastada;
  • Dificuldade para caminhar;
  • Visão e audição alteradas;
  • Perda de coordenação motora;
  • Vômitos;
  • Dor de cabeça;
  • Sonolência.

Além disso, o álcool pode afetar o seu julgamento e torná-lo mais propenso a tomar decisões arriscadas.

Efeitos a longo prazo

O consumo excessivo de álcool pode ter efeitos negativos a longo prazo no corpo humano. Mas, nesse caso, os principais efeitos são os seguintes:

  • Doenças do fígado, como cirrose hepática;
  • Doenças cardiovasculares;
  • Câncer;
  • Problemas de memória e concentração;
  • Depressão e ansiedade;
  • Danos nos nervos e no cérebro.

Além disso, o consumo excessivo de álcool pode levar à dependência química, o que pode ter efeitos negativos na sua vida pessoal e profissional.

Devemos informar ainda que beber cerveja todo dia faz mal, ainda que não faça de você uma pessoa alcoólatra.

Tratamento para Alcoolismo

Tratamento para Alcoolismo

 

 

 

 

 

 

 

 

Se você ou alguém que você conhece está lutando contra o alcoolismo, é essencial buscar ajuda profissional.

Existem vários tipos de tratamento para alcoólatra, bem como:

Tipos de tratamento disponíveis

Os tipos de tratamento para o alcoolismo variam de acordo com as necessidades individuais de cada pessoa. Algumas opções são as seguintes:

  • Desintoxicação: O primeiro passo para muitos programas de tratamento é a desintoxicação de álcool. Isso envolve a retirada do álcool do seu corpo e pode ser feito em um ambiente hospitalar ou ambulatorial.
  • Aconselhamento: O aconselhamento é uma parte importante do tratamento para o alcoolismo. Isso pode incluir aconselhamento individual, terapia em grupo ou terapia familiar.
  • Medicamentos: Existem medicamentos disponíveis para ajudar a reduzir os sintomas de abstinência e reduzir o desejo de beber álcool.
  • Programas de reabilitação: Esses programas oferecem um ambiente seguro e estruturado para ajudar a superar a dependência do álcool. Eles podem ser realizados em ambientes residenciais ou ambulatoriais, clínica de recuperação masculina etc.
  • Grupos de apoio: Existem vários grupos de apoio disponíveis para pessoas que lutam contra o alcoolismo, como Alcoólicos Anônimos (AA).

Eficácia dos tratamentos

A eficácia do tratamento para o alcoolismo varia de pessoa para pessoa. No entanto, estudos mostram que o tratamento pode ser eficaz na redução do consumo de álcool e na manutenção da abstinência a longo prazo.

O sucesso do tratamento depende de vários fatores, incluindo a gravidade do alcoolismo, a motivação da pessoa em busca de tratamento e o apoio da família e amigos.

Em geral, quanto mais cedo a pessoa procurar ajuda para o alcoolismo, maior será a probabilidade de sucesso no tratamento.

5/5 - (1 vote)
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Clinícas de Recuperação Restituindo Sonhos
Clinícas de Recuperação Restituindo Sonhos

Clínica de Reabilitação Química e Alcoólica