WhatsApp

(11) 97333-2909

Unidades em todo o Brasil

Resgate 24 horas

(11) 99006-4900

Clique aqui e faça sua ligação

WhatsApp

(11) 97333-2909

Unidades em todo o Brasil

Resgate 24 horas

(11) 99006-4900

Clique aqui e faça sua ligação

Remédio que ajuda usuários de crack a se livrarem da dependência química

O crack é uma das drogas mais destrutivas que temos conhecimento até o presente momento. Mas e se eu te disser que existe um remédio que ajuda usuários de crack a se livrarem da dependência química, você acreditaria? Pois então continue lendo para saber mais a respeito!

Uma equipe da Universidade Federal de São Paulo está pesquisando um medicamento feito a partir da raiz de uma planta, a iboga.

Porém, o medicamento é forte. O paciente que consumi-lo precisa ser monitorado o tempo todo e passa dez horas em uma espécie de transe ou sonho, onde vê uma retrospectiva de sua vida. A partir daí, a maioria consegue se livrar da droga.

Parece mágica, não é mesmo? Talvez pareça bom demais para ser verdade. Afinal, sabemos que a dependência química é uma doença crônica e que seu tratamento é praticamente para a vida toda.

Não que o dependente químico precise ficar internado em uma clínica de recuperação pelo resto de sua vida. Não é isso. Mas deve sim ter um acompanhamento e tomar alguns cuidados, mesmo estando em casa, em seu dia a dia.

É como uma pessoa com diabetes, que não precisa ficar no hospital o tempo todo, mas precisa de cuidados específicos como seguir uma dieta evitando açúcar e outros alimentos que possam agravar o quadro da doença.

Voltando para o remédio que ajuda usuários de crack a se livrarem da dependência química, a ibogaína é uma substância extraída da raiz da iboga, uma planta encontrada na África Central, usada em rituais religiosos. O medicamento é produzido no Canadá e liberado pela Anvisa.

Remédio que ajuda usuários de crack a se livrarem da dependência química: restrições

Remédio que ajuda usuários de crack a se livrarem da dependência química

Sobre a ibogaína, por ser um medicamento forte, como falamos logo no início deste artigo, ele tem algumas restrições.

Pacientes cardíacos ou com certas doenças neurológicas não podem usar a ibogaína.

Além disso, o paciente tem que ficar um mês sem usar nenhum medicamento, álcool ou droga. Depois de uma avaliação psicológica, o paciente é liberado para o tratamento.

Os primeiros pacientes foram tratados em clínicas de reabilitação. Ele recebe o medicamento em cápsulas e fica internado. Os efeitos começam depois de três horas.

O clínico geral Bruno Rasmussen Chaves acompanhou um grupo de pacientes e disse o seguinte:

“Nessa situação de pensamento começa a ter o que a gente chama de expansão de consciência. Começa a entender melhor o que está acontecendo com ele, qual o espaço dele na vida dele, qual o espaço no mundo, no universo. Começa a entender porque relacionamentos não estão dando certo, perceber os erros e os acertos, vê o que tem que mudar.”

O paciente é liberado depois de 24 horas. Em seguida começa a psicoterapia. A maioria não precisou tomar outra dose do medicamento. O psiquiatra que coordenou a pesquisa Dartiu Xavier da Silveira atende dependentes químicos há 27 anos e ficou animado com os resultados.

Porém, ele lembra: é preciso vontade para se livrar do vício. “A ibogaína é um elemento promissor no tratamento da dependência química desde que seja bem selecionado quem vai tomar, em que circunstâncias.

Ou seja, pode parecer um tratamento milagroso, mas não é. Sua aplicação envolve muito estudo, preparação e acompanhamento de profissionais extremamente competentes.

E você, já tinha ouvido falar da ibogaína? O que pensa a respeito desse remédio que ajuda usuários de crack a se livrarem da dependência química?

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
WhatsApp chat