WhatsApp

(11) 97333-2909

Unidades em todo o Brasil

Resgate 24 horas

(11) 99006-4900

Clique aqui e faça sua ligação

WhatsApp

(11) 97333-2909

Unidades em todo o Brasil

Resgate 24 horas

(11) 99006-4900

Clique aqui e faça sua ligação

Como o THC pode levar a dependência química?

Neste artigo vamos falar sobre como o THC pode levar a dependência química e também assuntos relacionados. Desejamos uma boa leitura para você!

Existe uma discussão polêmica sobre o consumo e legalização da maconha. Alguns afirmam que a planta faz bem para o organismo humano e outros discordam.

A verdade é que, de certo modo, os dois lados estão certos. Existe uma substância na maconha, o THC, que representa o lado ruim.

Por conter substâncias que atuam no Sistema Nervoso Central, a maconha tem um grande potencial para o bem e para o mal.

É por isso que acabamos de dizer que tanto pessoas que falam que a planta faz mal, quanto aquelas que falam que faz bem estão certas. A seguir, vamos explicar com mais detalhes o porquê:

A maconha é composta de diversos tipos de canabinoides – os mais conhecidos são o Tetrahidrocanabinol (THC) e o Canabidiol (CBD).

O THC se destaca para o mal: é responsável pelos efeitos psicoativos e neurotóxicos.

E o CBD funciona para o bem: possui diversas possibilidades terapêuticas e até efeitos protetores contra os danos do próprio THC, incluindo efeitos antipsicóticos.

O problema é que os efeitos benéficos do CBD não compensam os maléficos do THC quando a maconha é fumada.

Além disso, nas últimas décadas, tem se observado aumento nos níveis de THC e diminuição nos níveis de CBD nas variedades de maconha consumidas.

Veja como o THC pode levar a dependência química

Como o THC pode levar a dependência química?

Usuários de variedades ricas em THC e pobres em CBD estão sob risco maior de quadros psicóticos, de diminuição volumétrica de áreas cerebrais responsáveis pela memória, planejamento e execução de tarefas e de diversos tipos de prejuízos cognitivos.

Por outro lado, o modo pelo qual o CBD protege os neurônios da degeneração induzida por THC permanece incerto, mas esse potencial tem despertado interesse em estudar o CBD para tratamento de várias doenças.

Sobre o THC, acumulam-se evidências de que é o responsável não apenas pela dependência, mas por todos aqueles diversos outros efeitos maléficos.

Um estudo de revisão publicado em abril de 2016 na Biological Psychiatry, uma das mais conceituadas revistas de psiquiatria, ressaltou as principais alterações cerebrais encontradas em estudos com usuários de longo prazo da maconha.

A maior parte deles iniciou o uso entre 15 e 17 anos de idade, por períodos que variam entre 2 e 23 anos.

As áreas cerebrais mais afetadas são aquelas também com maior densidade de receptores canabinóides CB1: ocorrem diminuições volumétricas e de densidade de matéria cinzenta no hipocampo (associado à memória), nas amígdalas, no estriado (região cerebral ligada ao sistema motor e comportamento), no córtex orbitofrontal, no córtex insular e no cerebelo.

Essas são regiões cerebrais relacionadas à memória, à emoção, à tomada de decisão e ao equilíbrio motor.

Podemos concluir que não é possível fumar maconha para obter os efeitos benéficos do CBD.

É preciso separá-lo do THC. Exatamente por isso que a maconha não deve ser considerada remédio. O potencial efeito terapêutico está apenas no CBD. E não na planta em si.

Para tratar a dependência química, entre em contato com a Clínica Restituindo Sonhos. Estamos ansiosos para falar com você e ajudar a vencer este obstáculo!

5/5 - (2 votes)

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.